Saiba a importância de ter uma boa assessoria de imprensa no clube!

Devido ao fato do futebol ser o esporte mais popular do mundo e a grande paixão nacional é necessário que as notícias sejam veiculadas aos torcedores, que no caso são os maiores interessados. Para isso, é importante que os profissionais da mídia sejam atendidos conforme a necessidade diária e que o clube não perca a oportunidade do espaço cedido pelos veículos de comunicação.

Ele também é esporte de maior representação nacional nos cadernos esportivos, portanto é necessário que todos os fatos estejam claros e precisos, para que o leitor não tenha dúvidas e para que mais esclarecimentos sejam feitos pelas pessoas responsáveis dentro da equipe. Organizar coletivas, emitir notas, prestar esclarecimentos, são serviços fundamentais de uma assessoria. E é ela quem orienta os assessorados.

Muita gente acaba achando que pelo fato da bola já estar no meio do campo, as equipes estando posicionadas e aguardando o apito do juiz num estádio lotado com milhares de torcedores, o cenário descrito não se relaciona com a comunicação. Porém, se engana quem pensa assim. Todos os dias, centenas de comunicadores trabalham para que o esporte seja transmitido com qualidade pelo rádio, TV e internet.
Essa galera tem por objetivo fazer com que o resultado da partida seja a manchete dos jornais no dia seguinte e os torcedores, principais interessados, estejam por dentro de tudo que acontece com o time e os ídolos.

Mas não é só isso, o assessor de imprensa também ntem a árdua tarefa de ser o responsável em organizar o contato dos jogadores e dirigentes dos clubes com os jornalistas. Eles são os mediadores. Cabe ao profissional repassar uma série de dados referentes às equipes, informações fundamentais para o trabalho das redações esportivas.

Há algum tempo atrás a assessoria de imprensa, era vista como uma despesa desnecessária para muitos gestores de clubes de futebol, hoje, em tempos de comunicação fluída e em constante movimento, ela é peça fundamental no planejamento das equipes. A transformação do futebol em um grande mercado requer muito de uma das principais funções do assessor de imprensa: manter a equipe em evidência como ação fundamental para conquistar patrocinadores e parceiros. O assessor conquista espaço para o clube na imprensa e conhece bem o cotidiano da equipe e estrutura, evitando que problemas internos sejam mal repercutidos e, ao mesmo tempo, transformando pequenos fatos diários em oportunidades para promoção do time e de seus atletas.

São funções da assessoria:

  • Manter atualizada as estatísticas dos jogadores e desempenho do time nos campeonatos
  • Manter mailing de jornalistas atualizado
  • Organizar entrevistas após os treinos e jogos
  • Informar a imprensa sobre projetos do clube e mudanças na equipManter organizada a sala de imprensa

O fato de ter uma assessoria de imprensa para o clube é realmente muito benéfico. A empresa consegue ter uma visibilidade bem maior para a equipe além da convencional, não fica restrita a resultados somente dentro do universo esportivo, mas também associa o clube e suas atividades a outros setores sociais, o tornando constantemente um assunto de interesse público.

É importante que o assessor não confunda suas funções. Ele deve trabalhar para o assessorado (no caso o time de futebol), conseguir espaço espontâneo na mídia e não atrapalhar a rotina dos jornalistas “rivais” que, diariamente também frequentam as dependências do clube e os jogos à procura de notícias. É imprescindível o assessor ser um aliado, um mediador e não uma barreira entre um time e a imprensa.

Em terras tupiniquins, os maiores times de futebol se concentram no Rio de Janeiro e São Paulo e assim como todos os times de outros Estados ou não, também passam por perrengues.

Eles participam de campeonatos importantes e logo, precisam estar na mídia para veicular esses fatos e manter o torcedor informado e interessado. Ter o espaço em si, muitas vezes, não é o problema. Mas sim, como aproveitá-lo. Até porque as noticias não são somente positivas ou negativas. O que mais estraga e infelizmente recheia as páginas de jornais, revistas ou portais, é o sensacionalismo. Por causa disso, saber administrar o que será veiculado sobre uma briga dentro do campo, dirigentes nervosos, demissão de jogador, é de suma importância, pois tudo precisa ser esclarecido 100% para o torcedor e para o público em geral. E é aí, que o assessor de imprensa deve atuar para tentar recuperar a imagem e esclarecer dúvidas a respeito da situação que ocorre.

Depois que o apito final é dado, os jogadores saem de campo e vão direto para o vestiário. Só uns dois ou um de cada time atendem a imprensa, vai depender muito do resultado. O telespectador, os leitores, o torcedor, não fazem ideia do que acontece dentro das quatro linhas, mas todo cenário que é composto por um bom elenco tem que ser organizado.

São as estratégias adotadas pelas assessorias de imprensa dos clubes de futebol que auxiliam a equipe no relacionamento com a mídia. No fim, independente do resultado, tudo saiu bem em termos de comunicação.

Mas calma, e o time que não tem assessoria, o que faz? Ou não faz nada? Isso vai depender muito das pretensões do clube e da preocupação que o mesmo tem com a imagem.

Em caso que haja muita negatividade na mídia, às vezes isso não quer dizer que os jornalistas foram parciais e se voltaram contra o clube, mas sim que a dificuldade para realizar o trabalho diário acabou afastando a imprensa do local.

A assessoria de imprensa também ajuda na comunicação interna do clube e no reflexo do time dentro de campo. É mais que evidente que quem tem uma assessoria de imprensa, sai ganhando. E quem não tem precisa torcer para pelo menos vencer dentro de campo, porque nem isso garante uma boa relação entre a fonte e a mídia.

Fontes:

https://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/09/27/os-clubes-brasileiros-com-mais-titulos-nacionais/