Teoricamente quase todos os profissionais que estão ou tem intenção de entrar no mundo do futebol, imaginam que uma sequência de treino e exercícios físicos pode melhorar o desempenho coletivo ou individual de seus atletas.

Os que são mais otimistas supõem que dentro das tendências mais modernas e atuais de treinamento se encontram todos os segredos e soluções do futebol, e que as simples aplicações desses métodos vão resolver de forma efetiva e imediata todos os enigmas táticos, técnicos, físicos e comportamentais do futebol.

Mas antes de discutir esse ponto temos que entender o conceito de performance e entender até que ponto é possível melhorar de forma tão efetiva, ao longo de toda a temporada, o rendimento de todos os seus jogadores. A palavra performance vem do verbo em inglês “to perform” que significa realizar, completar, executar ou efetivar.

O futebol é um esporte amplo que envolve inúmeras demandas motoras onde vários componentes podem interferir no rendimento físico, técnico e consequentemente tático dos jogadores e da equipe.

Não é tarefa simples mensurar o que é performance no futebol e o desafio fica ainda maior quando tentamos analisar se melhoramos ou perdemos rendimento com o treino, já que boa parte do desempenho dos atletas estão relacionados com a individualidade biológica, com o “pacote biológico” de cada ser humano. Cada atleta tem seu próprio ritmo, às vezes uma série de treinos que funciona pra um, não funciona pra outro.

Muitas vezes, parece pra mim, que, muita gente treina somente por treinar, sem de fato saber aonde se quer chegar tampouco o que se quer fazer para buscar o rendimento esperado.

Uma galera composta por 30 indivíduos completamente diferentes geneticamente, realizando os mesmos exercícios, com a mesma carga ao longo do mesmo ano com o objetivo de melhorar a performance de forma unificada, parece correto? Não, né?

Então, é desse jeito que muitos times treinam seu time e acreditam piamente que estão melhorando o desempenho de seus atletas dentro de campo. Mesmo muito desses clubes contando com departamento de fisiologia (que poderia assegurar uma individualização no treino de cada jogador), pouco ou quase nada muda na maioria dos clubes.

O que a gente percebe, estando de fora, é que às vezes os clubes reclamam do calendário, e que tambmém às vezes seriam bom agradecerem pois quando ele tem uma boa logística de recuperação entre os jogos (nutrição, descanso, etc), o próprio jogo por si só ja cumpre a função de melhorar a performance de forma específica dos jogadores.

Creio que a ideia de melhorar o desempenho dos atletas, deve ser antes de mais nada, modificada pela manutenção de rendimento específico dos jogadores ao longo da temporada e durante essa temporada a equipe de trabalho poderia ter a condição de detectar qual a real necessidade de cada atleta e treiná-lo indivualmente quando possível e não todos no geral.

O ganho de performance de um jogador é perceptível e possível quando é respeitado alguns princípios do treinamento, como, sobrecarga, individualidade biológica e ritmo, mas, sem dúvida nenhuma, o princípio da continuidade quando se é respeitado, será o determinante para conseguir subir o rendimento de cada atleta a longo prazo.

Aqui estão algumas técnicas que vão ajudar você a ter uma performance de craque:

Treinar a sua mente é tão importante quanto treinar fisicamente.

O treinamento mental é a chave para reduzir o estresse, controlar suas emoções e desenvolver mecanismos de enfrentamento que irão manter uma atitude positiva em caso de jogos apertados.

Fazer uma lista de tarefas e manter um cronograma pode ajudar você aumentar a concentração e manter-se organizado. Ser capaz de se concentrar no que precisa ser feito pode ajudá-lo a se transformar em um profissional melhor.

Diminua as distrações

É tentador tentar responder a todo momento aos alertas de e-mail, Whatsapp ou Skype. Mas no fim, eles apenas estão impedindo você de se concentrar. Começar a se concentrar vai demorar pelo menos 15 minutos. Se você se distrai a cada 5 minutos, não pode se concentrar inteiramente em sua atividade. Responda seus e-mails depois. Peça para as pessoas para não o interromperem durante o treino.

Você já viu algum jogador parar de jogar para atender telefone durante o jogo? Muito menos antes.

Estruture seu ambiente

O seu local de trabalho tem um impacto sobre sua capacidade de se concentrar. Os jogadores não chegam direto para o jogo.

Eles entram em um processo de preparação antes do jogo, em um ambiente preparado para isso, que proporciona a concentração e, assim, um desempenho maior, ou seja, você precisa começar a sua rotina se preparando para o dia que vai começar. Seria bom se o técnico chegasse  conversasse com sua equipe todas as manhãs para dizer o que espera de cada um deles. Essa preparação ajuda a aumentar o foco e tornar o jogador mais concentrado para conseguir atingir seus objetivos durante a partida e não fazer feio.

Pratique várias jogadas

A gente só aprende as coisas através da prática. Praticar tudo que foi treinado ajuda os atletas a subirem seu nível.

Pratique as suas jogadas. Você precisa estar treinado na hora do jogo.

Conheça as regras

Você já viu algum jogador que sai colocando a mão na bola no futebol, porque se confundiu com as regras? Provavelmente não, né?

Conhecer as regras é imprescindível para ser um bom jogador.

Corpo são, mente sã

O que  você coloca ou faz com seu corpo afeta diretamente sua mente e o poder de concentração. Ninguém esperaria o máximo de desempenho de um jogador que bebeu demais às vésperas do jogo. O mesmo vale para privação de sono, fique atento no consumo de remédios e cafeína e vida noturna agitada.

Tente eliminar hábitos não saudáveis e veja seus níveis de energia e concentração aumentarem consideravelmente. Desse jeito, você se torna um profissional mais concentrado e mais produtivo.

Quando você tem concentração suficiente, sabe tudo que precisa ser feito e, muitas vezes, como fazer para chegar até o seu resultado esperado, ou seja, o sucesso.

Estar consciente e fazer o seu papel no time, ajuda o clube a superar os desafios e a atingir os resultados esperados, por isso, não dê mole e tente sempre dar seu máximo nos treinos!

Fontes:

https://www.significados.com.br/performance/

https://sites.google.com/a/forfut.co.cc/www/artigos/5dicasdetreinoparaummelhordesempenhonofutebol