Confira a lista com o ranking dos times que possuem as maiores torcidas organizadas do Brasil! E aí, o seu time entrou na lista?

Segundo última pesquisa da LANCE/Ibope, Flamengo lidera mais uma vez no pódio das maiores torcidas.

Confira o ranking abaixo de acordo com a 5ª pesquisa do LANCE!

  1. Flamengo – 32,5 milhões de torcedores
  2. Corinthians – 27,3 milhões de torcedores
  3. São Paulo – 13,6 milhões de torcedores
  4. Palmeiras – 10,6 milhões de torcedores
  5. Vasco – 7,2 milhões de torcedores
  6. Atlético-MG – 7 milhões de torcedores
  7. Cruzeiro – 6,2 milhões de torcedores
  8. Grêmio – 6 milhões de torcedores
  9. Inter – 5,6 milhões de torcedores
  10. Santos – 4,8 milhões de torcedores
  11. Fluminense – 3,6 milhões de torcedores
  12. Bahia – 3,4 milhões de torcedores
  13. Botafogo – 3,4 milhões de torcedores
  14. Vitória – 2,6 milhões de torcedores
  15. Sport – 2,4 milhões de torcedores

O Flamengo é o time mais popular do Brasil. Estima-se que ele tenha uma torcida entre 33 e 40 milhões de torcedores só no Brasil.

Já que o Flamengo lidera o ranking, vamos saber um pouquinho mais sobre ele e sua história?

A grande história do “Rubro Negro” teve inicio a partir da idéia de criação do esporte mais praticado no inicio do seculo passado – o remo.

A fundação do Flamengo não se originou em função do futebol, mas sim do remo – sim, o esporte – muito popular no Brasil no final do século 19. Era tão popular, que os cariocas se reuniam todo domingo para assistir às apresentações de remo.

É claro que, nesse contexto, as moças ficavam ali suspirando pelos remadores fortes e bronzeados, geralmente atletas do Botafogo, clube já em funcionamento na cidade do Rio de Janeiro.

Inconformados com a desvantagem que levavam em relação aos remadores, alguns jovens da praia do Flamengo decidiram fundar um novo clube de regatas. Assim, em 1895, se reuniram José Agostinho Pereira da Cunha, Mário Espíndola, Augusto de Figueira Lopes e Nestor de Barros para iniciar o projeto do clube.

Foi decidido que o primeiro passo seria a adquirir de uma embarcação que, em razão do estado que se encontrava, precisou de uma reforma para ser utilizada. Em seu primeiro uso, em virtude do mau tempo, a embarcação virou e precisou ser rebocada. Como se não bastasse, foi roubada logo em seguida. Que zica!

Apesar disso tudo, os jovens não desistiram e após conseguirem mais grana para comprar outra embarcação, uma nova reunião foi feita. Em 17 de novembro de 1895, na casa de Nestor de Barros, estavam: José Agostinho Pereira da Cunha, Mario Espínola, Napoleão Coelho de Oliveira, José Maria Leitão da Cunha, Eduardo Sardinha, Carlos Sardinha, Desidério Guimarães, Maurício Rodrigues Pereira, George Leuzinger, Augusto Lopes da Silveira, José Augusto Chauréu e João de Almeida Lustosa, que elegeram Domingos Marques de Azevedo como Presidente, Francisco Lucci Colás como Vice-Presidente, Nestor de Barros como Secretário e Felisberto Cardoso Laport como Tesoureiro. Além disso, foi decidida que a data oficial de fundação seria dia 15 de novembro, em homenagem à proclamação da república.

As primeiras cores do clube, escolhidas pelos fundadores, eram azul e dourado. Porém, como os tecidos eram importados, era bem difícil na época encontrar as cores para a fabricação de uniformes. Assim, foi decidido mudar o uniforme para camisa listrada horizontalmente em preto e branco, bermuda preta e cinto branco.

Foi só em 1911 que o futebol chegou ao Flamengo. Mesmo sem ter um local adequado para o treinamento terrestre, o Fla acabou aderindo ao futebol. Isso porque o time do Fluminense se desentendeu com a diretoria do clube e acabou migrando para o Flamengo. Assim, o futebol se destacou no clube e conquistou muitos títulos até hoje.

Títulos Internacionais:

– Mundial Interclubes – 1981;

– Taça Libertadores da América – 1981;

–  Copa Mercosul – 1999;

– Copa Ouro Sul-Americana – 1996.

Títulos Nacionais:

– Campeonato Brasileiro – 1980, 1982, 1983, 1987*, 1992 e 2009.

– Copa do Brasil – 1990, 2006 e 2013.

– Copa dos Campeões – 2001.

 Títulos Estaduais e Interestaduais:

– Torneio Rio-São Paulo – 1961;

– Copa dos Clubes Brasileiros Campeões Mundiais – 1997;

– Campeonato Carioca – 1914, 1915 (invicto) 1920 (invicto), 1921, 1925, 1927,1939 1942 1943 1944, 1953, 1954, 1955, 1963, 1965, 1972, 1974, 1978, 1979, 1979, 1981, 1986, 199,1 1996, 1999, 2000, 2001, 2004, 2007, 2008, 2009, 2011 e 2014.

– Taça Guanabara – 1970, 1972, 1973, 1978, 1979, 1980,1981, 1982, 1984, 1988, 1989, 1995, 1996, 1999, 2001, 2004, 2007, 2008, 2011 e 2014.

– Taça Rio de Janeiro – 1978, 1983, 1985, 1986, 1991, 1996, 2000, 2009 e 2011.

– Campeonato da Capital – 1991;

– Taça Estado do Rio de Janeiro – 1991;

– Torneio Extra do Rio de Janeiro – 1934;

– Torneio Aberto do Rio de Janeiro – 1936;

– Torneio Relâmpago do Rio de Janeiro – 1943;

– Torneio do Povo – 1972. 

Curiosidade…

Saiba como o Urubu se tornou símbolo do Flamengo!

O primeiro mascote do Flamengo foi o Popeye, personagem de sucesso dos quadrinhos na década de 40, e mais pra frente, de desenhos animados. A ideia para o mascote partiu do chargista Lorenzo Mollas, que viu no Popeye a força e a persistência do Flamengo, além de sua óbvia ligação com o mar. No entanto, não havia ainda uma verdadeira identidade entre o mascote e o clube.

Em 69, o urubu surge como símbolo oficialmente.

A ave aparece em campo com uma bandeira do clube no pescoço como parte das provocações das torcidas adversárias, pouco antes do início de Flamengo x Botafogo, onde o Flamengo vence. O mascote foi desenhado pelo cartunista Henfil, do Jornal do Sports.

Na década de 60 as torcidas adversárias começaram a chamar os torcedores do Flamengo de “urubus”, alusão racista aos torcedores rubro-negros afro-descendentes e de classe baixa.

Foi em um Domingo, quando um torcedor rubro-negro resolveu levar a ave para um jogo entre o Flamengo e Botafogo no Maracanã. O urubu foi solto na arquibancada com uma bandeira presa nos pés, e quando caiu no gramado, pouco antes do jogo iniciar, a torcida fez a festa, vibrando e gritando: “é urubu, é urubu”. O Flamengo venceu o jogo por 2 a 1 e, a partir daí, o novo mascote fez sucesso e tomou o lugar do Popeye. O cartunista Henfil, rubro-negro, tratou de humanizá-lo em suas charges esportivas em jornais e revistas, e o Urubu tornou-se um mascote popular.

O jogo da consagração do novo mascote:

Flamengo 2 x 1 Botafogo (RJ)

Campeonato Carioca, 2° turno

01/06/1969 – Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro

Time: Dominguez, Murilo, Guilherme, Onça, Paulo Henrique, Liminha, Rodrigues Neto, Doval, Dionísio, Luís Claudio e Arilson

Gols: Arilson e Doval

E aí, o que você achou do ranking? Concorda? Já conhecia a origem do Flamengo? Deixe seu comentário!

Fontes:

http://esportes.estadao.com.br/noticias/futebol,uma-breve-historia-do-flamengo,837714

http://www.flamengo.com.br/site/conteudo/detalhe/13

https://www.maiortorcida.com/wiki/todos_os_titulos_do_flamengo

http://www.campeoesdofutebol.com.br/historia_flamengo.html

http://www.almacarioca.com.br/flamengo-futebol.html