Hoje vamos conferir a história do time de futebol mais antigo do mundo!

Era uma vez, em algum lugar do Reino Unido, o futebol foi inventado por dois rapazes que acreditavam no poder do um belo jogo e que dedicaram sua alma à invenção: Nathaniel Creswick e William Prest. Eles escreveram as regras e leis para um novo jogo e fundaram o primeiro clube de futebol do mundo, Sheffield FC, no dia 24 de outubro de 1857. As chamadas “Regras de Sheffield” desempenharam um papel fundamental na formação da FA (Associação de Futebol) e estiveram envolvidas em inúmeras inovações, como o primeiro chute de canto e o primeiro tiro livre.

O futebol foi um esporte muito popular em Sheffield, Inglaterra, e em 1857 um grupo de homens estabeleceu o Sheffield Football Club em Bramall Lane. Acredita-se que seja o primeiro clube de futebol do mundo. Antigos alunos da Harrow, Nathaniel  e William, publicaram seu próprio conjunto de regras para o futebol. Essas novas regras permitiram mais contato físico do que as estabelecidas por algumas escolas públicas. Os jogadores podiam expulsar os adversários da bola com as mãos. Também estava dentro das regras para carregar os jogadores de carga, com ou sem a bola. Se um goleiro pegasse a bola, ele poderia ser atacado pela linha. No início, o Sheffield Club jogou partidas amigáveis ​​contra equipes em Londres e Nottingham.

Em 1862, um novo conjunto de regras foi estabelecido na Universidade de Cambridge. Estes especificaram 11 jogadores para cada time, um árbitro de cada lado mais um árbitro neutro. Foi adicionada uma regra de impedimento. Um homem poderia jogar uma bola passada para ele por trás, desde que houvesse três adversários entre ele e o gol. Também foi decidido que cada jogo só deveria durar uma hora e quarenta minutos. O primeiro jogo sob estas regras ocorreu em novembro de 1862.

A Associação de Futebol foi criada em outubro de 1863. O objetivo da FA era estabelecer um único código unificador para o futebol. A primeira reunião ocorreu no Freeman’s Tavern, em Londres. Os clubes representados na reunião incluíram Barnes, Blackheath, Perceval House, Kensington School, War Office, Crystal Palace, Forest (mais tarde conhecidos como Wanderers), Crusaders e No Names of Kilburn. A Charterhouse também enviou um observador à reunião.

Em 1871, Charles W. Alcock, Secretário da Associação de Futebol, anunciou a introdução da Football Association Challenge Cup. Foi a primeira competição de nocaute do seu tipo no mundo. Apenas 12 clubes participaram da competição: Wanderers, Royal Engineers, Hitchin, Queens Park, Barnes, Serviço Civil, Crystal Palace, Hampstead Heathens, Great Marlow, Upton Park, Maidenhead e Clapham Rovers.

Muitos clubes não entraram por razões financeiras. Todos as partidas tiveram que ser jogadas em Londres. Clubes baseados em lugares como Nottingham e Sheffield achavam difícil encontrar o dinheiro para viajar para a capital. Cada clube também teve que contribuir com uma ‘vaquinha’ para o custo do troféu de prata de £ 20.

O Sheffield Club se juntou à competição na temporada 1873-74. Eles alcançaram a 3ª rodada antes de serem derrotados por Clapham Rovers. Apesar de ter bons jogadores como W. H. Stacey, Daff Davy, Peter Andrews, Alf Liddell e T. H. Sorby, o clube nunca se deu muito bem na Football Cup Challenge Challenge.

O Sheffield Club estava determinado a permanecer no lado amador e se recusou a se juntar à Liga de Futebol quando foi formada em 1888. Eles ganharam a FA Amateur Cup na temporada 1903-04.

Sheffield F.C. atualmente joga no Northern Premier League Division One South.

Sem dúvida, a evolução deste grande esporte se deve muito aos ingleses.

Vamos conhecer um pouquinho das leis do clube e a evolução das regras do jogo?

Regras e Regulamentos para o Governo do Sheffield Football Club (1857)

  1. 1. Que este clube seja chamado de Sheffield Football Club.
  2. Que o Clube seja administrado por um Comitê de cinco membros, dos quais os diretores do Clube serão por dever do cargo, a serem eleitos nas assembléias gerais anuais.
  3. Que a assembleia geral anual do Clube seja realizada na segunda-feira de outubro de cada ano para efeitos de eleição de oficiais para o ano seguinte e para outros fins.
  4. Que o Comitê tenha poderes para convocar uma assembléia geral especial do Clube com aviso prévio de sete dias por cada membro, especificando os objetos para os quais essa convocação é chamada, e a discussão em tal reunião especial deve limitar-se a isso objeto sozinho. O Comitê também convocará uma reunião especial do Clube mediante pedido por escrito de seis membros.
  5. Que cada membro em sua admissão no Clube pague uma taxa de inscrição para o ano em curso e que a assinatura anual deve ser paga no primeiro dia de novembro de cada ano.
  6. Que será necessário que os membros que desejem se aposentar do Clube façam uma notificação por escrito ao Secretário no ou antes do primeiro dia de outubro.
  7. Que o Comitê tenha o poder de fazer uma nova convocação, além da assinatura anual, se julgar necessário para os fins do Clube, em qualquer outro caso, em nenhum caso, exceder 2s (shilings) e 6d (pence) por ano.
  8. Que o Comitê (durante a temporada) se encontre uma vez a cada quinze dias para discussão de negócios.
  9. Que a temporada comece no primeiro dia de novembro e termine na véspera de Páscoa em cada ano.
  10. Que o dia de jogo do Clube seja sábado das 2PM até s noite.
  11. Que cada candidato para admissão ao Clube seja proposto por um membro e apoiado por outro. O candidato será votado pelo Comitê de acordo com a prioridade de suas nomeações.
  12. Nenhuma cédula deve ser válida a menos que três Comissários votem, e duas bolas negras devem excluir.
  13. Que todas as disputas durante o jogo sejam encaminhadas aos membros do Comitê presentes no local, sua decisão será a final.
  14. Que os oficiais da temporada sejam: – Presidente: Frederick Ward; Vice-presidentes: J.A. Sorby e I. Ellison; Comitê: Srs. W. Prest, I. Pierson, W. Baker, J.K. Turner e J.E. Vickers; Secretário e tesoureiro honorário: N. Creswick.
  15. Que cada membro tenha o privilégio de apresentar um ou mais amigos em companhia consigo mesmo durante cada temporada se dentro de seis milhas de Sheffield; esses amigos devem ser introduzidos apenas uma vez.
  16. Que o Comitê tomará conhecimento imediato de qualquer infração às presentes Regras, e será seu dever especial no caso de ocorrerem circunstâncias suscetíveis a pôr em perigo a estabilidade ou interromper a harmonia e a boa ordem do Clube para convocar uma reunião geral no modo acima descrito. No caso de dois terços dos membros presentes em tais reuniões, decidindo mediante votação na expulsão de qualquer membro, esse membro deixará de pertencer ao Clube.
  17. Que as Regras, juntamente com as Leis relativas ao jogo do jogo, serão imediatamente impressas e, posteriormente, com a frequência que o Comitê julgar conveniente, e uma cópia será entregue a qualquer membro mediante solicitação ao Secretário. Qualquer membro pode obter cópias adicionais à taxa de seis pence cada cópia em uma aplicação similar.

À medida que o mais adeptos foram praticando o futebol, claramente, suas regras tiveram que evoluir.

Evolução das regras de jogo desde sua criação em 1958

1865 – As traves passam a ter uma fita entre elas, para delimitar a altura do gol. O protótipo do travessão, instituído apenas dez anos depois.

1866 – Os passes para frente foram legalizados, desde que três adversários estivessem entre o recebedor e o gol. Aí nasceu a regra do impedimento. Além disso, pegar a bola com as mãos no ar passou a ser proibido, tornando cabeçadas e matadas no peito comuns.

1869 – Nasce o tiro de meta. Antes, a bola que saísse pela linha de fundo era do time que a pegasse primeiro, ganhando uma cobrança de falta.

1871 – Apenas um jogador passa a poder pegar a bola com as mãos. Nasce o goleiro.

1872 – Os goleiros só podem pegar a bola com as mãos no próprio campo. Os escanteios são introduzidos.

1874 – Os árbitros passam a existir, um para cada lado do campo. Antes, as discussões sobre as jogadas eram feitas pelos capitães. No mesmo ano, os times passam a trocar de campo depois do intervalo, o que acontecia a cada gol.

1877 – O tempo de jogo é fixado em 90 minutos.

1891 – Os pênaltis são introduzidos. Podem ser cobrados de qualquer posição a 12 jardas do gol. A criação se deu depois que um jogador espalmou uma bola no último minuto de um jogo da Copa da Inglaterra. Também naquele ano, um novo árbitro passou a entrar em campo e os dois que já existiam passaram a atuar como assistentes. E os gols ganharam redes.

1892 – Foram criados os acréscimos, depois que um goleiro chutou a bola para fora do campo, a fim de evitar a cobrança do pênalti. Quando a bola foi devolvida, o tempo já tinha acabado.

1895 – Os laterais passam a ser dos oponentes do time que tocou a bola por último. Antes, eram de quem pegasse a bola primeiro.

1902 – As áreas foram criadas

1904 – A lei da vantagem passa a ser aplicada pelos árbitros.

1907 – Um jogador não pode estar impedido em seu próprio campo.

1912 – Os goleiros têm suas ações com a mão delimitadas à própria área. Além disso, eles precisam vestir uniformes diferentes aos dos companheiros.

1924 – Os gols de escanteio são permitidos. A Argentina anota o primeiro, contra o Uruguai, o então campeão olímpico. Assim foi batizado o ‘gol olímpico’.

1925 – A lei do impedimento passa a ser considerada a partir de dois jogadores entre o receptor do passe e o gol, não mais três.

1939 – Os números na camisa se tornam obrigatórios.

1958 – Uma substituição é permitida, mas só em caso de lesão. Doze anos depois, duas substituições passam a valer, mesmo que por razões táticas.

1970 – Os pênaltis passam a decidir jogos empatados. O sistema de cartões são criados, baseados nos semáforos de trânsito.

1992 – Os goleiros são proibidos de agarrar bolas recuadas por seus companheiros com os pés.

1993 – É criada a área técnica à beira do campo.

1995 – Três substituições são permitidas.

2012 – A tecnologia na linha do gol é utilizada em competições oficiais da Fifa.

Então, vocês tinham idéia de como seria praticar futebol nessa época? Acha isso uma realidade muito distante e difícil de imaginar?

Bom, só temos a agradecer a Inglaterra por ter nos proporcionado o futebol que conhecemos no formato dos dias de hoje!

Fontes:

http://spartacus-educational.com/FsheffieldA.htm

http://www.sheffieldfc.com/history

http://www.fifa.com/live-scores/news/y=2007/m=10/news=sheffield-150-years-history-621801.html