Alguma vez você já se questionou o que é direito de imagem, bicho e luvas? Se sim, saiba agora o que são na verdade e se não, mais uma curiosidade útil pra você!

Vamos lá, então!

Esses termos são dados como remunerações mensais ou anuais, dependendo do tipo de contrato do atleta, que ajuda a engordar a bolada que os craques ganham pelo espetáculo dentro dos campos.

É como se fosse uma recompensa. Na verdade, esse tipo de recompensa é privilégio de uma pequena e muito selecionada classe de jogadores. Para a grande maioria dos atletas, a única fonte de renda ainda é a boa e velha carteira assinada.

Para os craques abonados, a principal maneira de dar uma reforçada no orçamento é o direito de uso de imagem.

O direito de uso de imagem é um acordo financeiro que permite a utilização da figura do jogador em acordos publicitários feitos pelo time. Resumindo, o clube realmente explora a imagem do atleta e precisa pagar por isso. Nada mais certo, né!

Eita, pé-de-meia!

É do direito de imagem que sai a maior parcela do rendimento mensal dos grandes craques, estipula-se até 60% do montante final! É uma bela bolada!

O restante a seguir completa o salário. Confira:

Direito de imagem

O direito de imagem é um contrato que permite a exploração da imagem do craque em campanhas publicitárias do time. Mas na verdade essa forma de pagamento é usada para recolher menos impostos trabalhistas, em um acordo assinado entre duas empresas: o clube e uma que representa o atleta.

Carteira assinada

Quase todos os clubes pagam salários com a carteira dos atletas devidamente assinadas e recolhimento de tributos, como é dito na lei. Para a grande maioria dos jogadores brasileiros, a carteira assinada é a única fonte de renda. Craques milionários, no entanto, costumam procurar formas de driblar o Imposto de Renda para não ter seu salário diminuído. E o que tem de casos assim é absurdo.

“Bicho”

Ok, o bicho. O bicho é um incentivo pago quando o time vai bem. Antigamente, o bicho vinha a cada vitória do time, porém as coisas mudaram e hoje o mais comum são os acordos por metas: paga-se se o time chegar à final de um torneio, por exemplo.

Estima-se que a média do que um craque ganha de “bicho” por ano dá 7% do total da grana que ele retira por mês. Ou seja, se for ver, não chega a ser uma recompensa para quem tem salário alto mas, continua sendo dinheiro, né!

Luvas

As luvas é um valor oferecido ao craque no início do contrato. Esse valor pode tanto ser pago de uma só vez ou por mês em parcelas divididas. Algumas pessoas dizem que esse costume está cada vez mais raro, mas vários empresários confirmam que jogadores que ganham mais de 20 mil reais por mês costumam pedir luvas para ingressar em outra equipe. Hm…

Obs: Porcentagem calculada para a remuneração mensal média de um jogador que recebe mais de 50 mil reais. Como cada contrato é individual, isso pode sempre variar.

Agora, já que falamos alí em cima de sonegação de impostos, trazemos alguns casos famosos do mundo da bola:

Messi

Em 2014, o Tribunal de Justiça de Barcelona confirmou que Messi e seu pai, Jorge Horacio, continuavam sob investigação de fraudes fiscais, pela suposta sonegação de, aproximadamente, € 4 milhões entre os anos de 2007 e 2009.

Lionel Messi 2017

Neymar

No início do segundo semestre deste ano, a Justiça Federal brasileira determinou o bloqueio de R$ 188,8 milhões do nosso menino Neyney e de empresas ligadas ao atleta. Do montante, R$ 63,5 milhões se referem à sonegação de impostos entre 2011 e 2013, e o restante, a multas e juros.

Neymar Jr. 2017

Xabi Alonso

Há alguns anos, o espanhol vem sendo investigado pelo governo da Espanha por fraude fiscal e, em 2015, foi acusado de não declarar ganhos relacionados a direitos de imagem entre 2010 e 2012.
De acordo com dados da investigação, o jogador usava empresas em território estrangeiro para sonegar seus impostos. Que treeeeta!!

Xabi Alonso 2017

Javier Mascherano

O argentino, que atualmente joga no Hebei China Fortune, há alguns anos atrás, passou a ser investigado pelas autoridades fiscais espanholas por crimes de fraude, que rendiam multa ao jogador de aproximadamente € 1,5 milhão, mais juros, calculados em cerca de € 200.000.
Mascherano, que trocou o Liverpool pelo Barcelona em 2010, supostamente ocultou seus ganhos com direito de imagem, ao usar empresas norte-americanas e portugueses como “paraísos fiscais” para sonegar impostos.
Segundo dados da investigação, o jogador de 31 anos é acusado de fraudar cerca de € 600.000 em 2011 e aproximadamente € 960.000 em 2012.

Javier Mascherano 2017

Uli Hoeness

Há alguns anos, o antigo jogador alemão e ex-presidente do Bayern foi sentenciado a 3 anos e meio de cadeia, após ser acusado por fraude fiscal no valor de aproximadamente € 27,2 milhões, depositados em contas secretas na Suíça.

Uli era considerado uma das figuras mais populares do futebol alemão até o ano de 2015, quando passou a cumprir pena de prisão por crime fiscal. Ele foi solto em 2016

Uli

Maradona

Em 2013, a lenda do futebol argentino teve seus bens bloqueados na Itália ao ser acusado de possuir uma dívida somada em cerca de US$ 53 milhões em impostos, da época em que jogava para o time italiano Calcio Napoli, entre 1984 e 1991.

Maradona

Fontes:

http://www.guiatrabalhista.com.br/tematicas/direito_arena_imagem.htm

http://www.cmjornal.pt/desporto/futebol/detalhe/mascherano_aceita_um_ano_de_prisao_por_fraude_fiscal

https://jus.com.br/artigos/63110/a-tributacao-do-direito-de-imagem-dos-jogadores-de-futebol-e-as-recentes-investigacoes-sobre-sonegacao-fiscal