Sempre acontece algo inusitado e curioso em época de Copa do Mundo, né.

Desde sua primeira edição, lá no Uruguai em 1930, o mundial da FIFA sempre deu o que falar, principalmente entre os apaixonados por futebol.

Confira algumas curiosidades sobre as Copas do Mundo:

  1.  Em 1930, na Copa do Uruguai, o jogador uruguaio Héctor Castro não tinha uma das mãos. Ele recebeu o apelido de “o divino manco”.
  2. O primeiro gol da história da Copa do Mundo foi marcado pelo francês Lucien Laurent. O gol foi feito no jogo França e México, em 13 de julho de 1930.
  3.  Em 1934, o jogador da seleção suiça, Leopold Kielholz, jogou usando óculos e marcou três gols. Habilidade!
  4.  Em 1962, na Copa do Mundo do Chile, um cachorro invadiu o campo durante partida entre Brasil e Inglaterra. Imagina que partida marauvilhosa?!
  5. A Tunísia foi o primeiro país da África a vencer uma partida na Copa do Mundo.
  6. A maior goleada da história da Copa ocorreu na da Espanha, em 1982. A seleção da Hungria venceu El Salvador por 10 a 1. E a gente morrendo de vergonha do nosso 7×1…
  7. Na Copa do México, em 1986, os brasileiros foram surpreendidos no jogo Brasil e Espanha. Em vez de tocar o Hino Nacional Brasileiro, tocou o Hino à Bandeira. Ué.
  8. A taça do Mundo Jules Rimet, que serve como prêmio no mundial, tem em sua base um espaço para gravar os nomes das seleções campeãs até o ano de 2038.
  9. A seleção da Holanda recebeu o apelido de “Laranja Mecânica” durante a Copa da Alemanha de 1974.
  10. O jogador mais jovem a jogar uma Copa do Mundo foi o irlandês Norman Whiteside. Ele participou da Copa da Espanha, em 1982, quando tinha apenas 17 anos.
  11. A Copa do México, em 1970, foi a primeira a ter as partidas transmitidas pela TV..
  12.  Durante a 2ª Guerra Mundial, entre os anos de 1939 e 1945, a taça Jules Rimet ficou escondida dentro de uma caixa de sapatos, debaixo da cama do vice-presidente da FIFA.
  13. A Copa do Mundo da África do Sul, em 2010, teve o maior número de telespectadores: por volta de 550 milhões de pessoas.
  14. O jogador que mais jogos fez em partidas de Copa do Mundo foi Lotthar Mathaus, da Alemanha, com 25 partidas
  15. Essa foi a primeira vez que a Copa foi disputada na Rússia
  16. O único país que jogou a Copa do Mundo e não sofreu gol na edição foi a Suíça, em 2006
  17. O Brasil é o país que teve mais jogadores expulsos: 11
  18. A Copa do Mundo de 1930, no Uruguai, foi a única que não teve eliminatórias
  19. A copa do Mundo da França, em 1998, foi a edição que mais teve gols marcados: 171
  20. A Alemanha é o país que mais disputou finais de Copa do Mundo
  21. Os horários de seis jogos da Copa da Rússia foram alterados para combinar melhor com o fuso horário dos países envolvidos
  22. O goleiro que passou mais tempo sem levar gols numa edição de Copa do Mundo foi Walter Zenga, da Itália, com 517 minutos, em 1990
  23. O jogador que mais venceu Copa do Mundo foi Pelé, com três conquistas: 1958, 1920 e 1970
  24. A partida com mais gols foi: Áustria 7 x 5 Suíça, em 1954.

Agora aproveitando esse climão de Copa, vamos conferir algumas curiosidades do pais que foi sede este ano, a Rússia!

3 curiosidades da Copa do Mundo na Rússia:

Embargo alimentar

Na Rússia é impossível encontrar nos supermercados algum patê francês ou um queijo cheddar britânico: desde agosto de 2014, o país instaurou um embargo sobre a maioria dos produtos alimentícios europeus, como resposta às sanções ocidentais das quais a Rússia é vítima.

Após sofrer com alguns problemas de fornecimento, as grandes distribuidoras russas buscaram novos parceiros e, principalmente, o país investiu em sua própria produção: na mesa dos restaurantes moscovitas, as ostras de Kamchatka (península no extremo oriente do país) substituíram as ostras francesas.

A qualidade dos alimentos sofreu em alguns casos e vários escândalos sanitários surgiram.

Hóquei comanda

O hóquei no gelo é o esporte rei na Rússia, onde os invernos, longos e congelantes, transformam os lagos em ringues de patinação.

As crianças crescem sonhando em se tornar estrelas desse esporte, como Ilya Kovalchuk e Pavel Datsyuk, ou o lendário atacante soviético Valeri Kharlamov.

Fã de hóquei, Vladimir Putin costuma participar todo ano de uma partida beneficente ao lado de estrelas da modalidade.

Nos Jogos Olímpicos de inverno de PyeongChang-2018, a seleção russa de hóquei no gelo conquistou o ouro pela primeira vez desde 1992, embora tenha competido sob bandeira olímpica devido à suspensão que pesa sobre o país por envolvimento em esquemas de doping.

Já a seleção russa de futebol vive momento de fraqueza. Sem estrelas, a anfitriã chega à sua Copa do Mundo com mais dúvidas do que motivos para confiança, depois de multiplicar exibições ruins nos últimos meses. Passar às oitavas de final seria um feito comemorado, num grupo em que os russos enfrentarão o Uruguai, de Luis Suárez e Edinson Cavani, o Egito, de Mohamed Salah, e o Arábia Saudita.

Internet controlada

Os turistas estrangeiros poderão se surpreender com o fato de não terem acesso na Rússia à plataforma de vídeos Dailymotion ou à rede social LinkedIn. Para os russos, os bloqueios arbitrários de sites a pedido da justiça se tornaram casos corriqueiros.

As autoridades reforçaram nos últimos anos a vigilância sobre a internet russa, apelando contra o extremismo e o terrorismo. A oposição, porém, garante que a estratégia é um meio de dominar o debate político e deixar sem voz os críticos.

A última grande vítima desta política na internet é o programa de mensagens Telegram, após a empresa se recusar a fornecer aos serviços de segurança mensagens enviadas pelos usuários.

E aí, quantas dessas curiosidades você já sabia?