Vocês tem alguma idéia de como começar um clube de futebol? Confira as dicas aqui!

 O futebol é considerado o esporte mais popular do mundo. Se você estiver montando um time de futebol no Brasil, nunca correrá o risco de ficar sem jogadores. Mais de 30 milhões de pessoas jogam futebol no Brasil, de acordo com a Confederação Brasileira de Futebol CBF. No entanto o esforço muito maior está em construir um clube do que montar um time. Você precisa ter uma infraestrutura muito boa e forte que visualize a longo prazo do futuro do clube. Também deve haver a promoção adequada e apoio financeiro para fazer um clube um marco na comunidade.

Um clube de futebol é diferente de qualquer outra entidade comercial. As partes interessadas, neste caso, são os fãs. O investimento dos fãs é seu apoio, enquanto seu retorno vem na forma da gratificação emocional que todos os fãs de futebol desejam, seja por meio de de promoção ou sobrevivência do clube.

  1. Monte seu time!

Se você deseja trazer o esporte para o seu próprio quintal, a primeira coisa que você precisa fazer é procurar jogadores interessados e montar seu time. As redes sociais são um ótimo lugar para começar e você sempre pode colocar avisos em quadros de avisos em centros comunitários, bem como nos classificados do seu jornal local.

  1. Procure um local para treinos!

Então, você precisará procurar espaço para jogar. Verifique em sua cidade parques locais e departamento de recreação para campos e tarifas disponíveis. Em seguida, você vai querer juntar um orçamento para descobrir quais serão seus custos para por sua liga em ação. Você pode ter que investir algum dinheiro, mas cobrar aos jogadores uma taxa ajudará a cobrir os custos. Você pode tentar compensar alguns dos custos do jogador ao conseguir que as empresas patrocinem equipes em troca de um logotipo grande na parte de trás da camisa da equipe e talvez uma ou duas bandeiras nos jogos. Você provavelmente precisará pagar algo pelo seu horário de uso do campo e você também precisará de dinheiro para equipamentos, como bolas e joelheiras. Encontre um campo de futebol que já esteja alinhado e tenha redes e gols,  mas, caso contrário, você também precisará destes equipamentos, então mantenha se preparado.

  1. Organize se financeiramente e hierarquicamente

Forme um quadro de diretores. Você não pode ter todas as decisões tomadas por todos os integrantes do clube. Você precisa montar um quadro de diretores, que possuam uma visão para o futuro no clube, com poder de voto e que possam tomar decisões sem a anuência de todos os integrantes do clube. Em primeiro lugar, empregue um gerente que sabe o que está fazendo. Em segundo lugar, a menos que seja absolutamente necessário, não o tire de lá – a continuidade gera sucesso e permite que um bom gerente compre e desenvolva uma idéia. Escolha também  um subgerente do clube para poder ajudar a lidar com toda a burocracia. Você também precisará de um orçamento para árbitros para cada jogo. E não é uma má idéia ter uma apólice de seguro. Na verdade, algumas cidades podem exigi-la, portanto, não se esqueça de incluir isso como um item prioridade em seu orçamento.

  1. Organize uma viagem com o time

Em uma situação de viagem, você está jogando contra equipes de outras cidades e geralmente, pelo menos metade dos jogos são jogados no campo da equipe adversária, em vez de em um centro ou parque comunitário como em uma liga recreativa. Viajar para fora da cidade não é apenas um compromisso de maior tempo para a sua equipe, mas também significa que serão cobrados alguns custos adicionais, como gás, refeições e, possivelmente, até quartos de hotel, dependendo de quão longe você terá que competir.

  1. Promova o clube

Divulgue o seu clube para as pessoas fazendo publicidade em jogos e com a venda de roupas com o nome da sua equipe.

Apoie a causas sociais. Esta é uma das formas mais eficazes na melhoria da imagem do clube junto da população, nomeadamente através do apoio a causas humanitárias.

Tenha um bom relacionamento com os outros clubes. Uma boa imagem passa também pela promoção da paz e bom relacionamento com todos os adversários.Tenha também um bom relacionamento com clubes e estruturas dirigentes fora do país para poder garantir a participação em torneios e outros eventos internacionais que, certamente, propiciarão bons proventos financeiros e o incrementar da imagem do clube.

Não saia oferecendo parceira para todo mundo sem ter um projeto ou critério. Busque fazer parceria com academias, lojas de esportes ou algum négocio que tenha a ver com o perfil de vocês.

Estude seus parceiros e patrocinadores. Procure conhecer o que seu potencial parceiro deseja e precisa. Desta forma, fica muito mais fácil você chegar no ponto certo para fechamento desta parceria.

Faça bonito. Ao te ouvir propor uma parceria em que você pede ajuda para que seu time amador, por exemplo, entre em alguma competição ou compre um novo jogo de uniforme, certamente o primeiro pensamento que virá na mente do seu potencial parceiro é de dúvida sobre o que vocês tem a oferecer. Caso consigam parcerias e patrocínio, apresente estes resultados para o seu eles.  Essa apresentação é extremamente importante para que eles possam enxerguar até que ponto esta parceria oferece retorno para eles. A transparência na relação é muito importante e positiva para a manutenção e prorrogação da relação.

Tenha uma fanpage no Facebook: Busque acumular o máximo possível de curtidas na página do seu time.

Quanto mais curtidas sua página tiver, mais interesse seu potencial parceiro terá na sua equipe.

  1. Avalie a concorrência e ofereça algo que outro clube não tenha

Esse será se diferencial. Talvez contrate um treinador de sucesso ou alugue um ginásio coberto, enquanto todos os outros treinam em campos abertos.

Agora você já sabe o básico para ter seu próprio time! Que tal juntar seus amigos e organizar essa empreitada?

Ah, falando nisso, a CBF divulgou uma lista de exigências esse ano. O documento, estabelece uma série de requisitos mínimos para que os times disputem as competições organizadas pela confederação, define o cronograma para que os clubes se adequem à norma: a exigências já valem para 2018 no caso das equipes da Série A.

No caso das equipes da Série B,  terão até 2019 para se adaptarem, enquanto as das séries C e D terão até 2020 e 2021. Para a disputa de torneios continentais, as exigências fazem parte do regulamento da Conmebol e já valem para as competições do ano que vem.

De acordo com a CBF, o licenciamento determina um padrão para incentivar o desenvolvimento dos clubes a partir de práticas de gestão, transparência e equilíbrio financeiro.

Para mais informações confira n site da CBF: http://www.cbf.com.br/noticias/a-cbf/cbf-publica-regulamento-geral-das-competicoes-2017#.WbmJ18iGPBU

Se você já tem seu próprio time, comenta dele aqui pra gente! Estamos curiosos! 😛

 

Fontes:

8 dicas matadoras para conseguir parcerias para o seu time de futsal amador

O time de futebol: um grupo ou uma equipe?

http://cdn.cbf.com.br/content/201702/20170208174032_0.pdf?utm_campaign=&utm_content=%5BNo+title%5D+%281%29&utm_medium=email&utm_source=EmailMarketing&utm_term=CBF+divulga+Regulamento+de+Licen%C3%A7a+de+Clubes

http://www.cbf.com.br/noticias/a-cbf/cbf-publica-regulamento-geral-das-competicoes-2017#.WbmJ18iGPBU

https://leagueathletics.com/Page.asp?n=28828&org=fargosoccer.org

http://www.marketingtecnologico.com/Artigo/marketing-digital-futebol