Já parou pra pensar como se originou o esporte mais popular do mundo? Confira aqui!

O futebol apresenta bastante popularidade e poder, ocupando a liderança como o esporte preferido do mundo todo.
Especialmente no Brasil, o futebol é de suma importância. Culturalmente e tradicionalmente, ele o é predileto da criançada e adultos, é uma febre nacional.
Desde a infância, as crianças começam a jogar por diversão, porém atualmente são incontáveis os que investem e levam a carreira a sério. É esporte oficial da maior parte dos países da Europa, África, Ásia, América do Sul, América Central.

A fantástica história do futebol

Registros traçam a história do futebol há mais de 2.000 anos atrás na China antiga. Grécia, Roma e partes da América Central também afirmam ter originado o esporte; mas foi a Inglaterra que popularizou o futebol que conhecemos hoje.

China: O Tsu-Chu, que traduzindo significa “lançar com o pé” (tsu) uma “bola de couro” (chu), foi criado para fins de treinamento militar por Yang-Tsé, integrante da guarda do imperador Huang-ti. A bola feita de couro animal enxertada com plumas e pelos, era chutada pelos soldados chineses por entre duas traves fixas no chão. Um pequeno detalhe (nunca saberemos a verdade) é de que antes do Tsu-Chu possuir uma bola de couro para praticar, os soldados se divertiam com o crânio de seus inimigos decapitados. Eram formadas duas equipes com oito jogadores e o objetivo era passar a bola de pé em pé sem deixar cair no chão, levando-a para dentro das traves.

Grécia e Roma: Na Grécia antiga havia o Epyskiros/Aepiskiros. Ele foi praticado pelos militares gregos por volta do século 8 a.C., era disputado com os pés, em um campo retangular por duas equipes com 12 jogadores (cada) podendo variar conforme as dimensões do campo. A bola era feita de bexiga de boi e recheada com ar e areia (quanta criatividade!) e tinha que ser arremessada para o fundo de cada lado do campo.
Em Esparta, o campo onde se realizavam as partidas eram maiores, pois as equipes eram formadas por 14 jogadores.
Quando os romanos dominaram a Grécia, entraram em contato com a cultura grega e acabaram praticando o Epyskiros, porém o jogo tomou uma conotação muito mais violenta e que passou a ser chamado de Harpastum. O Harpastum, assim como o chinês tsu chu, era usado como exercício para os soldados do exército. Os jogadores podiam usar as mãos. Disputado num campo retangular, o objetivo era chegar à linha de fundo adversária para marcar um ponto.

Japão: O esporte era praticado por integrantes da corte do imperador japonês. O Kemari, era jogado num campo redondo – chamado kikutsubbo – e não havia gol. O objetivo dos jogadores (de 2 a 12) era apenas manter uma bola no ar o maior tempo possível, usando os pés ou qualquer outra parte do corpo que não fosse as mãos. A bola era feita de couro de veado e geralmente preenchida com grãos de cevada.

Na Idade Média, apareceu uma modalidade bastante parecida com o futebol que conhecemos nos dias atuais, porém exercido com o uso de violência: o gioco del calcio. Era válido dar socos, pontapés e diversos outros golpes violentos uns nos outros com o fim de introduzir a bola nas barracas armadas no fundo de cada campo. Essa violência toda até resultou em mortes de muitos jogadores, devido a isso, a modalidade foi proibida pelo rei Eduardo II.
Podemos dizer que o gioco del calcio foi o rascunho do futebol moderno, porém foi na Inglaterra, durante o século 17, que o esporte foi sistematizado e organizado, passando a ter regras, rígidas e objetivas. A contribuição da Inglaterra foi importante para a história do futebol, pois se tornou fundamental para a evolução do esporte e sua popularização. Durante toda a segunda metade do século 19, vários aperfeiçoamentos foram idealizados, como a criação do goleiro (1871), o tempo de 90 minutos (1875), o pênalti (1891), entre outros exemplos.

Com base nos registros da época, a competitividade e o raciocínio rápido exigidos no jogo seriam grandes aliados na formação de mentes brilhantes. Em pouco tempo, as massas operárias britânicas incorporaram a prática do futebol, sendo uma ótima atividade recreativa, que segundo alguns críticos, acalmava o espírito revolucionário da classe. A partir daí então, o esporte começou a ganhar times de origem operária.

ENQUANTO ISSO NO BRASIL…

Charles Miller

Acredita-se que o futebol tenha sido introduzido no Brasil por meio de um paulistano chamado Charles Miller (foto), que estudava na terra da Rainha e conheceu o futebol por lá. Então, quando voltou pra cá trouxe com ele um objeto que se tornaria um símbolo emblemático do país. Foi ele também quem trouxe as regras do jogo em 1894 e que mostrou para seus amigos como o jogo funcionava.
A primeira partida foi realizada um ano depois, em 1895, entre funcionários de duas empresas paulistas. Os times que disputaram a primeira partida eram compostos de um lado pela equipe de Charles Miller e por estrangeiros ingleses que viviam e trabalhavam no país. Os times ganharam o nome de Companhia de Gás e São Paulo Railway, sendo que a SP Railway venceu o jogo por uma diferença de dois gols, um placar de 4 a 2.
Foi só aí então que a Associação Athletica do Mackenzie College (atual Mackenzie) fundou o primeiro clube brasileiro criado por brasileiros e para nós brasileiros. No início eles chutavam bolas de basquete, no ano de 1898, a equipe vencia as vezes, mas nunca foi considerado uma boa equipe de futebol.
No início a história do futebol no Brasil foi confundida com a história da elite paulista, já que apenas os homens da elite conseguiam jogar as partidas. O pior e mais assustador é que na época, os negros eram proibidos de jogar, devido a isso futebol nasceu como um esporte exclusivo de brancos e ricos.
O jogo chegou ao Brasil 6 anos depois da proclamação da república e 7 anos depois da assinatura da Lei Áurea. Por isso, não era de se assustar que o futebol fosse apenas disputado por brancos. Os negros só começaram a jogar de forma profissional em 1920 e o mais absurdo é que muitos deles eram obrigados a entrarem em campo maquiados com pó de arroz, tudo na tentativa de deixá-los mais brancos! O primeiro time a dar um verdadeiro espaço para os negros foi o Vasco.
Em 1901 a Liga Paulista foi a primeira Liga a ser criada e também a pioneira na hora de organizar um campeonato (Campeonato Paulista). Charles Miller participou da competição e seu time foi tricampeão paulista, o que fez com que seus jogadores se tornassem verdadeiras sensações.
Em 1919 as primeiras equipes de futebol profissional começaram a se organizar e nessa época todos os estados já tinham participações, ainda que esporádicas na história do futebol no Brasil. Nesse ano já existiam clubes e federações e campeonatos regionais.

Brasil, País do futebol?

Por quê temos esse título?

Essa é fácil! O Brasil é o país do futebol porque ganhamos 5 Copas do Mundo, né? Também! Basicamente é porque o único esporte praticado aqui em grande volume e a baixo custo é ele e nenhuma nação gosta tanto desse esporte quanto a gente.

Aqui no Brasil, o futebol é o esporte mais popular em relação ao mundo todo. Isso acontece porque grande parte da população brasileira se encantou com o esporte desde muito tempo atrás. Porém, há outros fatores que fazem com que o esporte tenha tanta influência aqui. Por exemplo, o futebol um dos esportes mais simples de ser praticado, ele pode ser praticado tanto por grandes times do Brasil, em um campo com ampla infra-estrutura, mas também pode ser praticado por qualquer grupo de pessoas que possam se reunir em campos improvisados, ou até mesmo nas ruas. Isso se deve, principalmente, à simplicidade dos equipamentos necessários para a prática do esporte.

O futebol é um esporte humilde, não é preciso uma estrutura à nível da NASA para ser praticado. Vamos lá, bola, qualquer uma serve, independe do tamanho, peso, se está cheia ou murcha e ainda pode ser feita de vários materiais, tradicionais ou alternativos. Campo qualquer espacinho serve para campo desde grandes áreas gramadas até a sala de TV da sua avó. Times, vão de 1 pra cada lado (O tradicional Gol a Gol) até quantos estiverem no local. E existem muitos outros fatores para transformar o futebol em um esporte popular, principalmente em um país pobre em que a população não tem condições de se equipar para praticar outros esportes.

Além disso, o Brasil é o país que mais revela talentos e fornece inúmeros jogadores que aqui se destacam, para os times da Europa e da Ásia.

O brasileiro desde pequeno, é influenciado pela mídia e já cresce com esse deslumbramento pelo futebol e muitos sonham em se tornar jogadores profissionais no futuro.

Nós brasileiros temos poucas opções, é uma questão social, não existe infra estrutura para que os excluídos socialmente tenham uma formação técnica ou superior. Então por exclusão vai ser jogador de futebol. Os jogadores dos países desenvolvidos além de jogadores de futebol e nos demais esportes recebem bolsa para estudar e tem assistência médica onde Estado se faz presente. Infelizmente nosso título está se esvaindo aos poucos por falta de incentivo suficiente. O Brasil não é o país do futebol e sim o país dos melhores jogadores, pois os que se destacam vão para o exterior.

 

CURIOSIDADES

  • Dia 19 de julho é comemorado o dia do futebol;

 

  • Quem apelidou o Palmeiras de ‘porco’ foi o Corinthians, que lhe atribuiu o nome do animal depois que o time alvi-verde foi o único a discordar de um pedido do timão na Federação Paulista de Futebol;

 

  • A primeira partida entre Brasil e Argentina aconteceu em Buenos Aires no dia 20 de setembro de 1914. A seleção brasileira perdeu de 3 a 0. Este jogo marcou o início do confronto entre brasileiros e argentinos no futebol;

 

  • “Gol de Placa”. A expressão “gol de placa” originou-se após uma partida disputada entre Santos e Fluminense, no Maracanã, em 5 de março de 1961, vencida pelos santitas por 3 x 1. No jogo, Pelé marcou um gol tão fantástico que Joelmir Betting, então jornalista esportivo, pediu ao jornal “O Esporte” que encomendasse uma placa para ser fixada no saguão do estádio, em homenagem ao feito. E o jornalista foi atendido. A partir de então, a expressão entrou para o vocabulário futebolístico como sinônimo de gol bonito;

 

  • O time de futebol mais antigo do mundo é o Sheffield Football Club, da Inglaterra, fundado em 24 de outubro de 1857. Através dele, foram redigidos os primeiros regulamentos do futebol, conhecidos como “Códigos de Sheffield”;

 

  • O primeiro jogo de futebol, entre seleções, realizado no mundo ocorreu em Glasgow, capital da Escócia. Realizado em 30 de novembro de 1872, no frio outono do Reino Unido, a Escócia empatou com a Inglaterra pelo placar de 0 a 0;

 

  • O maior público pagante numa partida de futebol no Brasil foi no jogo entre Brasil e Paraguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 1970. O jogo, realizado no estádio do Maracanã em 31 de agosto de 1969, foi visto por 183.341 pagantes;

 

  • A primeira edição da Copa do Mundo foi realizada no Uruguai em 1930. Contou com a participação de apenas 13 seleções, que foram convidadas pela FIFA, sem disputa de eliminatórias, como acontece atualmente. A seleção uruguaia foi campeã;

 

  • Em 1970 os juízes começaram a mostrar cartões amarelo e vermelho. Os cartões foram introduzidos pela Fifa na Copa do Mundo de 1970, para facilitar o trabalho dos árbitros em partidas internacionais;

 

  • A camisa mais utilizada por clubes de futebol é branca. 80 clubes do mundo todo adotam essa cor na camisa.

 

Curtiu? Gostaria de sugerir um assunto? Deixa aqui seu comentário! 😀

Fontes:

https://www.resumoescolar.com.br/educacao-fisica/resumo-da-historia-do-futebol-no-brasil/

http://cacellain.com.br/blog/?p=12880

A história do futebol

Learn About The History Of Soccer.

História do Futebol

http://www.travinha.com.br/esportes-coletivos/57-futebol-de-campo/217-futebol-a-historia

http://www.maiscuriosidade.com.br/21-curiosidades-interessantissimas-sobre-o-futebol