Após ficar afastado nos gramados por alguns meses, o craque brasileiro Neymar está de volta aos campos. Agora, o camisa 10 do PSG precisa provar seu valor depois do que ficou conhecido como “Novela Neymar”.

Início do ano com lesão

No final de 2018, Neymar terminou como o 12º melhor jogador do mundo, e apesar do resultado não ser o esperado, de toda forma foi expressivo.

Apesar das críticas ao desempenho do atleta na Copa do Mundo, sua volta ao futebol francês na segunda metade de 2018 mostrou o potencial e habilidade do jogador, porém uma série de lesões deixou o desportista de “molho”.

Em janeiro de 2019, em uma partida contra o Strasbousrg, Neymar sofreu uma fratura no quinto metatarso do pé direito, o que o deixou de fora por 3 meses. Após a recuperação, voltou aos campos, e mesmo com regularidade, o jogador teve atuações apagadas.

Em 06 de março do mesmo ano, o jogador usou suas redes sociais para criticar a arbitragem na eliminação do PSG na UEFA Champions League contra o Manchester United. A atitude lhe rendeu 3 jogos de suspensão para a edição deste ano.

Como polêmicas não faltam, em abril deste ano, depois da derrota do Paris Saint-German na Copa da França nos pênaltis, o jogador bateu em um torcedor que gritava insultos ao atleta e logo em seguida afirmou: “ninguém tem sangue de barata”, o que rendeu mais três jogos de suspensão, agora na Ligue 1.

Final da temporada e Copa América

A temporada 2018/2019 da Ligue 1 terminou com a vitória do clube parisiense e, apesar do bom resultado no campeonato nacional, a derrota na Champions League abalou o clube.

Com o fim da temporada europeia, Neymar voltou ao Brasil para disputar a Copa América. O atleta compareceu à Granja Comari e treinou com a seleção. Porém, no dia 1º de julho, vazou para a imprensa a acusação de estupro feita por Najila Trindade; somado a isso, no amistoso contra o Qatar o jogador sofreu uma contusão no tornozelo que o tirou da Copa América.

Após esclarecimentos com a polícia, o atleta foi inocentado das acusações e permaneceu em repouso devido a lesão. Voltou para o PSG no final de julho e disputou quatro jogos antes do final da temporada.

Ao findar a temporada de 2018/19, foi aberta a janela de transferências entre clubes e Neymar foi alvo de várias tentativas de contratação. Os clubes Real Madrid e Barcelona (clube anterior do atleta), tentaram levar o astro para o futebol espanhol. O Paris Saint-German pagou uma quantia de 222 milhões de Euros pelo jogador e não estaria disposto a vender por um valor inferior.

As negociações não foram efetivas e o clube francês não aceitou os termos e o jogador permaneceu no PSG. A “Novela Neymar”, como foi denominada, trouxe a ira dos torcedores dos les parisiens que acreditaram que o jogador não queria permanecer no clube e não faria bons jogos pela equipe.

Nova temporada e novo Neymar

Após o fechamento da janela de transferências, o jogador foi firmado novamente no PSG e a expectativa sobre sua atuação foi imensa. Os primeiros jogos da equipe não tiveram participação do brasileiro, que entrou em campo pela primeira vez na 5ª rodada, no jogo contra o Strasbourg.

O atleta foi decisivo e fez o gol da vitória para o PSG, ganhando um pouco mais de apoio da torcida. Logo em seguida, no jogo da 6ª rodada, contra um grande rival, o Lyon, o jogador desequilibrou mais uma vez e fez um golaço, garantindo 3 pontos para o clube parisiense.

Com os resultados positivos nas últimas partidas, cabe a pergunta: Neymar no PSG, é seu momento de remissão ou punição?

Já está por dentro do que aconteceu com o craque brasileiro em 2019? Corra e faça sua escalação do Neymar para a Ligue 1!