Em agosto desse ano, a UEFA listou 50 promessas sub-23 que atuam pelos clubes do europeus. Será que os brasileiros vêm correspondendo às expectativas?

Rodrygo Goes

O atacante se formou nas categorias de base do Santos e não demorou muito para chamar a atenção dos clubes europeus.

No final de 2017, quando ainda tinha somente 16 anos, Rodrygo fez seu primeiro jogo profissional pelo Peixe. Pouco depois do início da temporada seguinte, em 2018, se firmou como titular e não decepcionou – Rodrygo, inclusive, foi o jogador brasileiro mais jovem a anotar um gol na Libertadores.

No meio da temporada, quando ainda não tinha sequer completado 1 ano como profissional, o Real Madrid adquiriu seu passe junto ao clube da baixada santista e acertou a apresentação do atacante para junho de 2019.

Antes da temporada europeia de 19/20 começar, a UEFA, na lista das 50 promessas, descreveu Rodrygo da seguinte forma:

“Seguindo os passos de Vinícius Júnior, o extremo promissor trocou o Santos pelo o Real Madrid este Verão por uma verba que terá rondado os 45 milhões de euros.”

Hoje, com 3 meses de Real Madrid, o garoto está deslanchando. Apesar da lesão na coxa que o tirou dos gramados no começo de agosto, Rodrygo tem motivos de sobra para comemorar: tem atuado bem nas últimas partidas e recebido elogios de todos os lados.

E na semana passada, mais um recorde quebrado: se tornou o jogador mais jovem (18 anos e 301 dias) a marcar um hat trick perfeito (um gol de perna esquerda, um de perna direita e um de cabeça) na história da Champions League – o recordista anterior é ninguém menos que Kylian Mbappé, outra jovem sensação do futebol mundial. A vítima foi o Galatasaray, da Turquia, que perdeu a partida por 6×0.

Renan Lodi

Renan Lodi atua pela lateral esquerda e estreou pelos profissionais dos Athletico-PR em 2016. Em 2018, foi um dos destaques do elenco do furacão que conquistou o primeiro título internacional do clube: a Copa Sul-Americana daquela temporada.

Em julho desse ano, o lateral se tornou a maior venda da história do Athletico-PR e foi respirar os ares espanhóis. Assinou um contrato de 6 temporadas com o Atlético de Madrid. Na lista da UEFA, Renan aparece assim:

“Reforço do Atlético neste Verão, o lateral-esquerdo brasileiro com vocação estará encarregado de substituir o compatriota Filipe Luís.”

Apesar de uma expulsão controversa na partida de estreia pelos colchoneros, Renan conseguiu emplacar uma boa sequência dentro de campo e conquistou tanto a torcida quanto o técnico Diego Simeone.

Até mesmo Filipe Luis, ídolo do Atleti e hoje no Flamengo, encheu seu jovem substituto de elogios:

“O cruzamento que ele deu para o Morata [contra o Bayer Leverkusen, pela Liga dos Campeões], em oito anos eu nunca dei. Ele é um cara especial. Eu tenho muito contato com fisioterapeutas, médicos, ex-companheiros, todo mundo fala muito bem dele. Eu tenho muita dor por não ter jogado com ele pelo menos um mês. Gostaria de ter aprendido um pouco com ele.”

Até então, tanto Rodrygo quanto Renan têm mostrado um desempenho que justifica o valor pago por Real e Atleti. Fica aí a nossa torcida para que esses dois brilhantes atletas construam carreiras longas com um futebol de qualidade.

Quer contar com essas duas estrelas no seu time? Escale sua equipe nos nossos torneios da La Liga e da Champions!