Separamos os dois melhores jogos da rodada para uma análise completa. Confira os destaques do final de semana!

Santos x Vasco

Neste domingo dia 12/05 o Santos enfrentou o até então lanterna do campeonato Brasileiro, Vasco da Gama no Pacaembu pela quarta rodada do campeonato.

Após duas vitórias e um empate o peixe conquistou a segunda colocação, enquanto o Vasco teve três derrotas e um empate e segue na última colocação do campeonato.

Com o resultado final de 3×0 o Santos teve gols de Diego Pituca aos 19′, Rodrygo Goes aos 33′ e Yeferson Soteldo aos 73′, jogando com mandante no estádio Pacaembu devido ao inicio das reformas na Vila Belmiro.

No primeiro tempo tivemos um jogo com mais investidas Santistas, foram 14 tentativas de gol do peixe contra apenas três do cruzmaltino.

O primeiro gol saiu no final do primeiro quarto do jogo que, até então estava bem disputado, com os dois lados criando oportunidades, mas depois de uma falha do goleiro Sidão,em uma saída de bola errada, o Vasco tomou o primeiro gol.

Aos 22′ o Vasco aproveitou uma chance e marcou um gol, mas depois de uma análise no VAR o gol foi anulado, alegando impedimento do jogador Máxi López.

Já o segundo tempo não rendeu tantas emoções, apesar de várias chances de gol para os dois lados, mas principalmente pra o Santos. O peixe conseguiu ampliar o placar com Soteldo, depois da bola sobrar na área, o venezuelano mandou para o fundo das redes.

Melhor jogador

O jogador que mais se destacou na partida foi o santista Rodrygo. Com velocidade e intensidade, Rodrygo esteve presente em boa parte das investidas do peixe. Além do gol deu uma assistência para Pituca.

Poderia ainda ter feito mais se não fosse pelo atacante Yago Pikachu, que conseguiu tirar de cabeça um belo chute do meio da área de Rodrygo que tinha endereço, o fundo das redes.

O jogador teve a maior pontuação do SportManager 365 essa rodada, chegando a incrível marca de 28 pontos na rodada.

Pior Jogador

O pior jogador em campo foi o goleiro vascaíno Sidão. Apesar de algumas boas defesas o goleiro teve um desempenho ruim e passou sufoco no torcedor.

Depois da saída de bola errada, o goleiro deu de mão beijada o primeiro gol do Santos, se perdeu em outros lances, perdendo o tempo da bola e trombando com a defesa do próprio time.

O desempenho ruim refletiu muito na sua pontuação, não conseguindo marcar nenhum ponto.

Internacional x Cruzeiro

O Inter buscava a recuperação depois de uma derrota para o Palmeiras por 1×0, no Allianz Arena. Já o cruzeiro vinha para tentar manter a sequência de duas vitórias depois de bater o Ceará e o Goiás nas partidas que fez em Belo Horizonte.

A expectativa era de um jogo equilibrado, com boas chances para os dois lados, já que ambos os times possuem fortes elencos.

Jogando em casa, o Inter teve mais posse de bola nos primeiros 15 minutos de jogo, mas o Cruzeiro foi o primeiro a ter uma chance clara de gol. Aos 2′, Thiago Neves recebeu um passe de Fred próximo à marca da cal e bateu de primeira, mas a bola saiu à direita do gol de Marcelo Lomba.

Aos 20′, de novo o Cruzeiro testou o goleiro Lomba com mais uma finalização que passou perto do gol, enquanto o Inter seguia sem levar muito perigo à meta celeste.

Mas aos 32′ da primeira etapa foi o Inter quem inaugurou o placar. Paolo Guerrero acertou a barreira em uma cobrança de falta. O desvio enganou o goleiro Fábio, que tentou se recuperar mas não impediu que a redonda batesse na trave e sobrasse para Nonato empurrar de cabeça para o gol vazio.

A resposta do Cruzeiro veio 4 minutos depois com o zagueiro Dedé. Após bola lançada na área colorada, o defensor esticou a perna direita para marcar.

No segundo tempo, os comandados de Mano Menezes voltaram do intervalo com mais posse de bola. Mas a defesa celeste falhou e o Inter voltou a marcar.

Aos 55′, após uma bola rebatida na área e 2 finalizações defendidas, a bola sobrou para Guerrero colocar o Inter em vantagem novamente.

Os colorados perderam a chance de ampliar aos 66′, quando o argentino D’alessandro deslocou o goleiro Fábio em cobrança de pênalti, mas chutou para fora.

Enquanto isso, o Cruzeiro seguiu apagado no segundo tempo, já que os poucos chutes ao gol não levaram muito perigo.

Aos 82′, os gaúchos anotaram o último tento e mataram o jogo. Em mais uma cobrança de falta, a zaga mineira não conseguiu afastar o chute de Rafael Sóbis que acertou o travessão. No rebote, Rodrigo Moledo escorou para marcar o terceiro

Melhor Jogador

Paolo Guerrero foi destaque da partida. O atacante incomodou a defesa do Cruzeiro e teve participação direta em dois dos três gols da equipe colorada.

Esse desempenho rendeu ao avançado peruano uma pontuação de 16,5 (a quarta melhor de todo o final de semana), que foi também o maior finalizador do Inter em toda a partida.

Pior Jogador

A pior pontuação da partida ficou com Fábio. O experiente goleiro não teve oportunidade de fazer grandes defesas para compensar os 3 gols, o que o deixou com uma pontuação de -3 pontos ao fim da partida.

Apesar de não ter contribuído para nenhum dos gols que levou, o guarda redes teve sua pontuação prejudicada pela apatia de seus companheiros de defesa, que falharam nos rebotes que levaram aos 3 gols colorados.

Fique ligado aqui no Sport Manager 365 pra não perder nenhum detalhe do mundo da bola e escale seu time com a gente! Estamos torcendo por você!